#Poesia: ‘Almas Libertas’

O céu da manhã era azul com
Nuvens brancas, a calma reinava fora da janela.
Mas na mansidão do nosso quarto,
tudo acontecia.
Uma tempestade emergia.
Meu corpo ao seu entrelaçado,
de prazer estremecia .
O que vivemos quando estamos juntos,
é coisa de outro mundo.
Quando nossos corpos se unem
e nossos fluidos se chocam,
nossas almas se libertam,
se encontram,
se tocam.

Por: Deby Veneziano     |   www.poesiaemfotografia.wordpress.com

CONVIE EBOOK

Anúncios

9 comentários sobre “#Poesia: ‘Almas Libertas’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s