Casal trabalhando junto

Erros ao Empreender em Casal – Dá Para Conciliar Negócios e Relacionamento em uma Empresa?

André e Joyce Bianchi são empreendedores e empresários. Iniciaram a primeira empresa em 2006,  em uma cidade de 40.000 habitantes no interior de São Paulo, expandiram os negócios para 600 municípios do Brasil e em alguns países no exterior, atingindo faturamento de R$ 3 Milhões por ano.

O casal empreendedor também faz parte da BWi Participações (desde 2013) e esta no quadro de sócios da A Magia do Mundo dos Negócios desde 2015.

Neste tempo eles tiveram que aprender, compreender e mudar alguns de seus comportamentos para que os negócios e relacionamento não fossem por água abaixo!

Leia também: Amor nos negócios: casais que empreenderam juntos (e dicas para fazer isso)

Confira os principais erros que eles destacam ao empreender juntos:

– Não compreender o perfil de cada um – André é acelerado, perfil de empreendedor desbravador, Joyce empreendedora interna, focada na organização e desenvolvimento das pessoas. Compreender o timing de cada um e criar sinergia com o ponto forte de ambos foi fundamental para evitar brigas e desentendimentos;

– Relacionar-se como casal dentro da empresa – Naturalmente o casal entendeu que no ambiente empresarial deveriam ter uma postura discreta, na qual pegar na mão, beijos e abraços não faziam parte, isso porque remetia respeito para a própria equipe, deixando claro que na empresa são sócios e fora dela continuam sendo casal.

– Criar atalhos – Quando Joyce Bianchi entrou no Grupo GV8 que tinha aproximadamente 2 anos de existência, em vez de iniciar em cargo de gerência por ser “esposa” do fundador, iniciou como secretária, durante 6 anos passou por todos os cargos da empresa até assumir o comando do grupo. Este processo fez com que ela aprendesse todo o funcionamento do negócio, remodelasse alguns processos e ganhasse o respeito da equipe.

casal empreendedor

– Misturar opiniões sobre o rumo dos negócios com o relacionamento – Durante a jornada empreendedora haverá quase que diariamente opiniões divergentes sobre dezenas de aspectos quanto a empresa. Nunca se deve tomar pelo lado pessoal, afirma o casal.

– Confundir contas pessoais do casal com as contas da empresa – Erro muito comum utilizar o caixa da empresa para despesas de cunho pessoal – isso pode quebrar seu negócio facilmente e destruir relações.

Leia também: 11 ideias para trabalhar em casa

– Ciúmes – Se você quer ver sua empresa decolar é preciso compreender que não se pode segurar o crescimento do homem ou da mulher. Para fazer os negócios deslancharem, deve-se participar de cursos, treinamentos eventos de networking. Muito provavelmente, o casal não estará 100% do tempo junto, desta forma, é necessário compreender essas atividades, mantendo sempre a postura profissional.

Para levar o Casal: André e Joyce Bianchi para seu evento, entre em contato agora mesmo: E-mail: contato@amagiadomundodosnegocios.com.br
Fonte: http://www.amagiadomundodosnegocios.com

Empreendedorismo Feminino
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s